Category Archives: Modelos de Negócio

“It’s time for newspapers to make lemonade out of this seeming lemon”

Um artigo bastante interessante de Alan Mutter. Defende que os jornais devem combater a crise focando-se no local, criando conteúdo único e relevante para as suas comunidades. Aqui fica um excerto:

“Since there is no apparent way around the economic imperatives forcing early closes, it’s time for newspapers to make lemonade out of this seeming lemon. Far from being a bad thing, this is an opportunity for the industry to take some long-overdue steps to improve its competitive position. (…)

editors can escape the unavoidable latency of print by publishing unique, local stories that distinguish their products from all other competitors.

Instead of feebly trying to put a fresh gloss on yesterday’s news (…) editors producing unique local coverage can make TV, radio and the web chase them. (…)

By marketing themselves as the leading local news source in their communities, newspapers can reassert their value to readers and advertisers (…)

The process of capturing the local news agenda is simple: Pick stories of sweeping significance to your community, report them completely, tell them compellingly, pursue them relentlessly and play them effectively. Repeat as necessary. (…)

Rather than trying to conquer with quantity, newspapers should use their scarce resources to cover carefully selected matters that, well, matter.”

Veja algumas das propostas do autor no artigo completo. [Dica de Paulo Querido, no Certamente!]

How Online News Evolved in 2010

Artigo sobre os principais hits de 2010. [dica de António Granado]

Bom ano!

Artigos interessantes

Após algum tempo em falha, volto com mais uma série de artigos interessantes das últimas semanas. (Ver se a partir de agora mantenho o ritmo habitual.)

II Congresso Internacional de Ciberjornalismo

Local Fourth – Um projecto de investigação muito interessante, com ideias e passos a ter em conta na hora de criar ou actualizar um projecto (local)

Redacção aberta em open-space, onde se servem café e bolos. Ideia interessante

Outros

As 5 secções mais importantes para um media local

The five most important beats for a local newspaper or website traz-nos as 5 secções mais importantes para um media local, segundo Robert Niles.

São elas: comida, educação, trabalho, negócios e fé. Robert argumenta que estas são as que mais interessam à comunidade, assim como a possíveis anunciantes. Como tal também a sustentabilidade económica do meio poderá ser assegurada.

Para além disso refere ainda outras secções comuns como o desporto, o entretenimento,o  tempo, crime&tribunais, comédia, governo/política e saúde.

Um artigo interessante que merece leitura.

Blimee: uma plataforma hiperlocal muito interessante

Blimee é uma plataforma hiperlocal digital que utiliza principalmente grandes ecrãs localizados em praças, centros comercias e ruas para partilha de notícias e ofertas especiais.

“Blimee encourages local based conversations about nearby happenings, business specials and upcoming events. We display all of this information in brick-and-mortar locations by using flat screen digital displays located all around the city and allowing people to send messages to the screen in real-time by using their mobile phone or computer.”

Um projecto diferente e bastante interessante. Para mais informações sobre a plataforma, consulte o artigo “Blimee Brings Local News, Engagement and Instant Offers to Digital Signage”, da Media Shift.

É fundamental ter um plano de conteúdo

O artigo é de Steve Buttry e destina-se a “jornalistas empresários”, mas penso que qualquer site noticioso deve ter estes conselhos em conta.

  1. Foco: ter uma audiência-alvo e focar-se nela e nas suas necessidades
  2. Formato: uma informação pode ser dada de muitas formas, especialmente na web onde todos os meios convergem; por isso há que saber qual se adapta melhor ao que se quer transmitir
  3. Aquisições: de conteúdo e de força de trabalho.

[Dica de Ponto Media]

    Google e Facebook disputam mercado da publicidade local

    Google Places, Facebook Places e agora Google Boost. Ainda nenhuma das ferramentas está disponível em Portugal, mas parece que o mercado local (médias e pequenas empresas ligadas a um lugar específico) é cada vez mais uma aposta.

    Fiquemos à espera que chegue a Portugal. Entretanto, mantemo-nos atentos aos desenvolvimentos e resultados nos EUA.

    Para saber mais sobre o Google Boost, leia o artigo “Google Gives Local Businesses an Advertising Boost“, do Mashable.